Pets: Por que gatos lambem suas patas?

Créditos: Hannah Oliver

Saiba se isso pode significar problemas de saúde para o bichano

Você tem visto seu gatinho lambendo suas patas com mais frequência que de costume? Pois é, eles não lambem as patas apenas por uma questão de higiene, como podemos imaginar. Embora gatos sejam asseados por natureza, esse hábito pode esconder algo relacionado à saúde física ou mesmo emocional do bichinho.

Por que eles lambem suas patas?

Realmente, é um modo de se limparem – gatos “tomam banho” através de sua saliva. E esse ritual de “beleza” pode consumir entre 30 e 50% de seu dia, de acordo com a Dra. Pamela Perry, da Universidade Cornell. A saliva também tem a propriedade de resfriar seus corpos quando os bichanos se sentem superaquecidos, além de liberar endorfina, hormônio relacionado ao bem-estar, agindo como um calmante natural.

Lambedura excessiva

Se seu gato tem dedicado muito tempo às próprias patas, isso pode indicar um problema médico. É aconselhável levá-lo ao veterinário para que se possa identificar as razões do comportamento.

Existem várias causas potenciais, incluindo:

Alergias;

Pulgas;

Pele ressecada;

Condições neurológicas;

Ansiedade ou estresse (gerados por fatores como separação da mãe, quando filhotes, mudanças de ambiente/ casa, “ameaças” como a chegada de um novo pet em casa, etc).

Diagnóstico e Tratamento

Se você julgar que o ato de lamber as patas tornou-se excessivo, dedique algum tempo a observar melhor seu comportamento. Há queda de pelo, irritação ou dor nas patas? Se a resposta for afirmativa, o melhor a fazer é levá-lo até uma clínica veterinária. Essas informações serão importantes para que o profissional formule um diagnóstico futuro.

O veterinário provavelmente fará alguns exames físicos em seu gato, além de alguns testes comportamentais. O tratamento variará de acordo com o diagnóstico, mas pode incluir cremes para a pele, anti-inflamatórios orais ou injetáveis, mudanças de alimentação, medicamentos para prevenção de pulgas e carrapatos, terapia com feromônios ou modificações no ambiente em que o bichano vive. Também podem ser incluídos remédios para controlar a ansiedade ou até mesmo antidepressivos.

Modificações ambientais incluem oferecer mais atividades e estímulos em casa para seu gatinho, como a colocação de prateleiras, arranhadores e brinquedos para diversão.

Afinal, devo me preocupar ou não?

Em geral, lamber as patas não deve ser motivo de preocupação para os donos de pets. No entanto, se isso se tornar excessivo, é conveniente que se busque a opinião de um veterinário para avaliar qual seria o melhor tratamento para seu filhote peludo.

Para estar informado e/ ou assistir vídeos sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” e nosso canal no YouTube, ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.

Siga-nos para mais novidades!
Nosso website:
https://www.omundoonline.com
Nosso youtube:
https://www.youtube.com/c/OMundoOnline
Nosso instagram:
https://www.instagram.com/omundoonlinereal/
Nosso facebook:
https://www.facebook.com/omundoonlinereal/
Nosso twitter:
https://twitter.com/mundorealities