Esta semana, a estrela de “90 Dias para Casar” Larissa dos Santos Lima respondeu mais algumas perguntas de fãs sobre sua vida e futuro fora do canal TLC.

A respeito das dificuldades enfrentadas com relação à imigração e às inúmeras ofensas que recebe de “haters”, Lima disse que apoia-se em Deus, em seus amigos e em seu namorado, Eric Nichols.

Os seguidores também quiseram saber a posição de Larissa sobre um incidente ocorrido no final da temporada de “Felizes para Sempre”, atualmente exibida pelo TLC americano, em que Andrei Castravet e Elizabeth Potthast a atacaram aparentemente sem razão. Enquanto Castravet debochou da brasileira chamando-a de “Michael Jackson 3.0” (apelido utilizado pelos “haters” nas redes sociais em virtude da quantidade de procedimentos estéticos que a moça fez), Elizabeth referiu-se a ela como uma “p*rra de uma stripper”.

“Vocês viram o quão eles [Andrei e Elizabeth] me atacaram ali”, disse Larissa. “Mas o que me deixa feliz é que eles sabem bastante de minha vida, que pesquisam sobre mim e se interam do que faço. Isso é o importante.”

Outra pergunta feita por fãs foi relacionada à saída de Larissa do TLC e de seu vídeo ao vivo na plataforma Cam Soda, dedicada a pessoas que se mostram em pouca ou nenhuma roupa:


“Se o show deu fim em seu contrato por causa da Cam Soda, por que não fizeram o mesmo com o Only Fans de Deavan [outra integrante do show]?”

Larissa, então, explicou o que crê que seja a razão de sua saída do canal:

“Gosto muito de todos os participantes do show, incluindo Deavan, mas acho que o TLC resolveu acabar o contrato porque incomodei demais. Ganhei mais notoriedade que o show, algo que nenhum outro conseguiu, além de ganhar muito dinheiro. Isso eles jamais poderiam admitir e, portanto, precisavam me cortar.”

Lembrando que Larissa ainda não lançou seu canal no YouTube, que tinha data marcada antes de sua demissão mas, ao que parece, precisou ser adiado.

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.