Esta semana, a estrela de “A Pequena Grande Família” Tori Roloff falou a respeito de seus medos em relação a sua filha, Lilah Ray, durante a gestação.

Tori contou um pouco sobre o contexto de um episódio que foi ao ar pelo TLC americano. A estrela comentou que, ao saber que o bebê de uma amiga estava em risco, sentiu-se culpada por temer que sua filha fosse uma pessoa pequena.

“Eu senti culpa por ter me preocupado (com o nanismo) porque, ao menos, minha filha seria saudável. Eu teria a oportunidade de abraçá-la e conhecê-la.”

Tori também explicou a causa de seus medos:


“Foi mais difícil, para mim, processar o fato de ter uma menina com nanismo, isso foi um novo território para mim. É um teste para os nervos, claro, mas posso dizer que Lilah Ray é uma mocinha muito forte.”

Por fim, Tori agradeceu a seus fãs por todo o apoio recebido durante a exibição do programa e aconselhou:

“Sintam o que quer que estejam sentindo e nunca se culpem por isso.”

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.