Esta semana, o perfil oficial de “Os Pequenos Johnstons” posicionou-se a respeito de um acontecimento envolvendo um adolescente portador de nanismo. O menino, em decorrência de bullying sofrido em sua escola, teria sido filmado por sua mãe durante uma crise nervosa, chorando e afirmando desejar se matar.

“Este é um incidente muito triste, mas nós 7 passamos por isso sendo crianças, adolescentes ou adultos”, disse Amber Johnston, que controla o perfil da família. “Nossa experiência sugere que essa mãe poderia e deveria ter lidado com isso de forma bem diferente! Ter-se envolvido com a escola mais cedo, ensinar e mostrar a ele como falar por si mesmo e a não tolerar esse tipo de comportamento. Ele merece respeito e dignidade como qualquer outra criança e está ali para receber a mesma educação que os outros!”

Ainda sobre o comportamento da mãe, que assistia seu filho batendo em si mesmo e apenas filmava, afirmando que “o bullying faz isso”, Amber acrescentou:


“Ver a mãe perdendo tempo em filmar é ridículo. Vá até a escola e exija mudanças, respeito e ação! Ele precisa do apoio de sua mãe.”

Sobre formas de distrair crianças sobre o que sofrem, Amber disse:

“Viagens à Disneylândia, fazendas, ida a jogos, etc, podem oferecer um momento de felicidade, mas não resolvem o problema. Enfrente a situação. Entre na briga. Eduque o ignorante.”

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.