Segundo informações coletadas pelo site Starcasm, o astro de “Avós de Primeira Viagem” Max Schenzel teve sua liberdade condicional revogada nesta segunda-feira e, consequentemente, foi emitido um mandato para sua prisão.

No ano passado, Max foi condenado a três meses de prisão por furtar cartões de crédito e dinheiro da avó de um amigo que estava adormecida. À época, a senhora tinha 77 anos de idade.


Em condicional, Max não estaria supostamente cumprindo à risca as exigências da lei, e a oficial que acompanha sua condicional teria enviado um memorando ao tribunal no dia 24 de janeiro deste ano, informando o juiz a respeito das violações cometidas pelo rapaz. E, em 3 de fevereiro, o juiz assinou o mandato que pede sua prisão.

Segundo o mandato, a fiança para a libertação de Max seria de 900 dólares. E, há poucos dias, Max divulgou nas redes sociais que estaria vendendo seu relógio Rolex.

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.