Esta semana, a estrela de “A Vida de Jazz” Jazz Jennings publicou uma foto em que se notavam perfeitamente as cicatrizes da cirurgia de redesignação de gênero, realizada há algum tempo.

“Estas são minhas cicatrizes explícitas em 2019”, escreveu Jazz. “Tenho orgulho de minhas cicatrizes e amo meu corpo exatamente como é.”

Jazz também ressaltou sua batalha em busca da adaptação ao gênero ao qual se identificava:

“Eu chamo as cicatrizes de ‘marcas de batalha’ porque significam a força e a perseverança que foram necessárias para completar minha transição.”


Lembrando que Jazz Jennings foi batizada com o nome de Jaron, nasceu sob o gênero masculino e precisou realizar uma cirurgia para conseguir sua transição para o feminino.

Em uma publicação mais recente, ela completou o pensamento:

“Cada escolha que faço, cada caminho que escolho, nada é um erro.”

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.