Esta semana, a estrela de “90 Dias para Casar” Karine Staehle defendeu-se das acusações de traição por parte de seu marido, Paul Staehle.

Transcreveremos aqui partes da transmissão ao vivo cedida gentilmente por Karine há cerca de três dias à nossa revista “O Mundo Online”, em que a moça falou sobre a suposta traição, a desordem em sua casa e seu filho pequeno, Pierre.

Sobre a traição:

“Não houve traição. Eu realmente saí com amigos, precisei sair, não aguentei. Mas voltei, Paul pediu para ver o filho, eu trouxe. Se a separação acontecer, Paul sempre verá Pierre. Ele é filho de nós dois. E quero estar sempre ao lado do Paul para ajudá-lo, seja como esposa ou como amiga.”

Sobre sua postura e cuidados em relação à casa onde vive com Paul:

“Não é verdade que não faço nada! Cuido de minha casa e de meu filho sozinha, sem a ajuda de ninguém. Paul cuida somente dos cachorros.”


Quanto à desordem deixada na casa, quando Karine saiu após a briga:

“Pintei meu cabelo e a tinta caiu. Eu me esforcei para tirar a mancha, mas não consegui… Era preciso um produto específico, que foi comprado depois pelo próprio Paul. Ele é muito dramático.”

Quanto à foto em que Karine estava na frente de uma delegacia de agressões domésticas:

“Não fui lá para denunciar Paul, pelo contrário. Fomos lá nós três, ele, Pierre e eu. Ele tirou nossa foto ali em frente e me disse para ir até lá algum dia caso necessário. Eu não teria  aquela expressão feliz da fotografia se tivesse ido denunciá-lo.”

Sobre a tatuagem:

“Brigamos por coisas que não existem. Paul quer cuidar demais, perguntou o porquê não havia deixado que ele escolhesse o tatuador… Mas eu busquei e fiz uma boa escolha. Então, ele começou a reclamar porque eu havia tirado a proteção da tatuagem (estava me incomodando). Mas eu lavei, estou cuidando direito. Não acho certo expôr a vida assim no Instagram, há coisas que são apenas nossas.”

Sobre o relacionamento:

“Paul não é perfeito, ninguém é. Mas ele é muito querido e gosta muito de cuidar de mim e de Pierre. Ele é um pai maravilhoso, só tem problemas de ansiedade… Entretanto, eu gostaria muito de que ele mudasse. Por mim e pelo bebê. Estou chegando ao meu limite, não estou aguentando mais essa situação que vai e volta.”


Sobre Paul e Pierre:

“Eu jamais afastaria Pierre de Paul, isso não é verdade. Eu vi o que ele disse a respeito de só deixá-lo ver nosso filho uma vez por semana, e isso não é verdade. Por favor, não acreditem.”

Sobre críticas a ela:

“O que se vê no show nem sempre retrata toda a verdade. Eu não sou imatura como dizem, mas reajo à forma como Paul me trata. Também sou uma excelente mãe, ao contrário do que dizem. Faço e faria tudo por meu filho.”

Sobre críticas a Paul:

“Gostaria de que parassem um pouco de criticá-lo maliciosamente. Críticas construtivas são boas, mas existem algumas que o deixam bastante para baixo. Isso não ajuda.”