Quando Jazz Jennings, a estrela do reality show “A Vida de Jazz”, nasceu, por ser do sexo masculino, foi classificada como menino. Entretanto, bem cedo, Jazz foi diagnosticada com “dismorfia de gênero” e, desde então, iniciou sua transição para tornar-se menina. Em virtude disso, seus pais lhe deram um nome masculino em seu nascimento.

O nome de batismo de Jazz é Jaron. A menina escolheu o nome Jazz depois que sua irmã interpretou o papel de “Princesa Jasmine”, do livro “Aladdin”, em uma peça de sua escola. Em 2015, havia pouquíssimo tempo que sua mãe passou a chamá-la de Jazz.

A fim de manter sua privacidade, a família de Jazz optou por usar o pseudônimo “Jennings” no reality show.

“Jennings é nosso pseudônimo, para facilitar a vida. Tentamos ocultar nosso sobrenome o máximo possível. Ele é judeu, um nome bem comprido. (…) O show não dirá onde vivemos, nem fará referência a nosso sobrenome.”

Ela acrescentou que não concordou em exibir a história da família na TV em busca de fama. No início, eles relutaram até mesmo em mostrar seus rostos, mas acabaram concordando para que todos conhecessem a verdadeira história de Jazz. Entretanto, em relação ao sobrenome, não mudaram de ideia, e continuam ocultando-o de todas as formas possíveis.

Para estar informado sobre o assunto, visite diariamente a revista “O Mundo Online” ou siga-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter.

Escolha um reality para pesquisar: